Strict Standards: Non-static method themeGluedIdeas_Subtle::initOptions() should not be called statically in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-content/themes/gluedideas_subtle/header.php on line 19
Riopro Blog - » O Ubuntu 7.04 num Asus Z53E

O Ubuntu 7.04 num Asus Z53E



Deprecated: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php on line 82

A instalação desse notebook Asus foi cercada de surpresas, nem todas positivas. O mais curioso foi a inversão total da lógica (a minha pelo menos) nas várias instalações que já fiz do Ubuntu, em suas diversas versões desde a 5.04.

Vamos primeiro começar pela pior parte. Esse notebook vem com o chipset Mobile Intel® GM965 Express, junto com a Mobile Intel® Graphics Media Accelerator X3100. Apesar desse chipset não ser tão novo assim, a versão 7.04 do Ubuntu não detectou automaticamente. Isso por conta de um bug no pacote xserver-xorg-video-i810. Esse pacote não é o apropriado para a X3100. Com o update logo instalamos o xserver-xorg-video-intel e mudamos o xorg.conf para:

Section "Device"
Identifier      "Placa Video Intel 965"
Driver          "intel"
BusID           "PCI:0:2:0"
EndSection

Section "Screen"
Identifier      "Default Screen"
Device          "Placa Video Intel 965"
Monitor         "Monitor Generico"
DefaultDepth    24
SubSection "Display"
Depth           1
Modes           "1280x800" "1024x768" "800x600" "640x480"
EndSubSection
SubSection "Display"
Depth           4
Modes           "1280x800" "1024x768" "800x600" "640x480"
EndSubSection
SubSection "Display"
Depth           8
Modes           "1280x800" "1024x768" "800x600" "640x480"
EndSubSection
SubSection "Display"
Depth           15
Modes           "1280x800" "1024x768" "800x600" "640x480"
EndSubSection
SubSection "Display"
Depth           16
Modes           "1280x800" "1024x768" "800x600" "640x480"
EndSubSection
SubSection "Display"
Depth           24
Modes           "1280x800" "1024x768" "800x600" "640x480"
EndSubSection
EndSection

Ok. Um:

# sudo /etc/init.d/gdm restart

E fim dos problemas. Mas, de qualquer maneira, foi a primeira vez que uma versão do Ubuntu não reconhece e configura corretamente uma placa de vídeo. Bom, isso não seria mais problema no Gusty e a nova versão do Xorg que ao invés de apresentar uma tela de erro vai colocar um driver padrão genérico (que, critica seja feita, já existe a anos no Windows) e permitir a modificação mais de forma mais amigável.

A parte positiva vem no plural. Placa de rede (por fios), WebCam (Chicony Eletronics), Bluetooth, som, tudo pronto.

Faltava a placa wireless. A mesma é uma Intel 4965AGN. A instalação pelo Ndiswrapper funcionou, mas de forma instável (o termo correto seria impraticável). O seu uso gerou instabilidade, até mesmo chegando a travar quase completamente o sistema operacional. O módulo correto para essa placa é o iwl4965.ko. Aí veio a grande marreta da instalação (essa é marreta mesmo e não garanto estabilidade).

Como o módulo do 4965AGN já está totalmente suportado na versão beta do Gusty Gibbon (a próxima versão do Ubuntu, de numeração 7.10). A instalação aqui feita seguiu esta thread do Ubuntu Forums.

Sugiro, além de instalar o kernel e os headers do kernel, instalar o libc6-dev. Não vou repetir o que lá foi dito pois seria simples cópia. O mais importante é não atualizar mais nenhum pacote enquanto estiver com o repositório do Gusty no seu sources.list, até porque ele iria atualizar virtualmente todos os pacotes e sua instalação ficaria altamente beta.

O que importa é que passados 10 dias o notebook funciona de forma estável, tanto para desenvolvimento (Java e RoR) quanto para diversão/comunicação (como Skype, Totem, OpenOffice.org, Gimp).
Outros tópicos interessantes:

Informações e Links

Junte-se comentando, lendo o que os outros dizem ou colocando um link a partir do seu blog.


Outros Artigos

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/post.php on line 117
Uma Task Ant para guardar a revisão do Subversion

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/post.php on line 117
Apagando suas senhas do Subclipse

Comente

Tire um tempo para comentar e nos dizer o que você acha. Alguns códigos HTML são permitidos para formatação.

Comentários dos Leitores

Seja o primeiro a comentar!