Deprecated: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php on line 82

Strict Standards: Non-static method themeGluedIdeas_Subtle::initOptions() should not be called statically in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-content/themes/gluedideas_subtle/header.php on line 19
Riopro Blog <br /> <b>Deprecated</b>: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in <b>/home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php</b> on line <b>82</b><br /> » Bancos de Dados

Arquivos do Site
Deprecated: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php on line 82
Bancos de Dados

Conectando a instâncias do MSSqlServer por JDBC



Deprecated: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php on line 82

Deprecated: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php on line 82

Acredito que Java seja, hoje em dia, uma das linguagens com suporte ao maior número de SGBD’s. Nessa linha, conectar-se a um servidor MSSqlServer se tornou, já a algum tempo, algo trivial em Java.
Apesar de não ser o produto oficial da Microsoft, o jTDS é a solução mais completa e utilizada no mercado para uso […]

Algumas dicas para os usuários do MSSqlServer



Deprecated: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php on line 82

Deprecated: preg_replace(): The /e modifier is deprecated, use preg_replace_callback instead in /home/riopro/www/blog.riopro.com.br/wp-includes/formatting.php on line 82

Durante os últimos anos temos trabalhado diversas vezes com o banco de dados MSSqlServer (vamos chamar ele daqui pra frente de MSSql pra encurtar um pouco). Nossos sistemas sempre foram desenvolvidos tendo como meta manter um Sql padrão, que o tornasse independente da plataforma de banco de dados utilizada pelo nosso cliente. Isso, apesar de […]